14 restaurantes e cafés que abriram no Porto enquanto esteve de férias

De mexicanos a opções de fine dining, sem esquecer os doces ou até os espaços mais noturnos, há muito para descobrir.
 
14 restaurantes e cafés que abriram no Porto enquanto esteve de férias
Tome nota.

Setembro é um mês de recomeços, de balanço do ano até aqui e de preparação dos próximos meses até ao fim do ano. Também é aquela altura em que muitos regressam de férias e querem retomar a vida social, ir jantar fora e conhecer sítios diferentes. Para que não perca nada, fizemos um resumo dos novos cafés, bares e restaurantes que abriram na cidade no verão, enquanto andou distraído na praia.

Junho abriu com o Zapata, o novo mexicano do chef Chakall que abriu mesmo na Baixa. Entre os petiscos obrigatórios há guacamole, burritos e quesadillas.

Para os mais gulosos, dia 1 de junho foi também a altura de ver inaugurar o Donut Kings na Rua das Flores. Este espaço dedicado aos donuts destaca-se pelas diferentes variedades do doce, muitas delas dedicadas aos Simpsons.

No dia seguinte foi a vez da Ogi by Euskalduna, a padaria do chef Vasco Coelho Santos, ganhar o seu espaço próprio. O seu segredo está na produção própria de pães de fermentação natural com uma longa lista de opções disponíveis.

Seguindo a onda mais latina, a 3 de junho abriu o Duello, outro restaurante mexicano onde pode até descobrir um mural dedicado a Frida Kahlo da autoria de Mr. Dheo. O projeto quer ser um restaurante mesmo típico mexicano com ambiente e decoração a rigor onde nunca falta alegria.

Fazendo um pequeno desvio até ao outro lado do rio mas sem perder de vista o Porto, o Vinum abriu um novo terraço a 7 de junho. Além dos cocktails especiais, o local apresenta uma seleção de pintxos para acompanhar as bebidas.

Pouco depois, a 10 de junho, nasceu um projeto que é um sonho de mãe e filha: o Açúcar Mascavado. Este café no centro do Porto quer distinguir-se pelo facto de apresentar uma cozinha muito caseira e feita na hora, sempre com bolos e outros doces diferentes todos os dias.

No mesmo dia abriu ainda o novo espaço da Gelataria Neveiros, que trocou a Rua da Alegria pela Rua Formosa. Nesta nova localização ganha ainda um novo serviço que dá oportunidade aos clientes para irem conhecer a fábrica dos gelados.

O jardim da Menina Colina Guesthouse passou a integrar, desde 25 de junho, o Café-Bar Jardim da Colina. O espaço é quase um oásis no meio da cidade e está aberto a todos, mesmo que não sejam hóspedes.

A 28 de junho abriu o Espécie, um restaurante de pratos vegetarianos que quer fugir à típica folha de alface. A carta ousada e criativa é da autoria do chef João Pupo Lameiras.

Julho começou com a abertura do The Door logo no dia 1. Este restaurante apresenta petiscos e tapas para partilhar com os amigos que estão inspirados na gastronomia de todo o mundo.

Um dos sucessos do verão abriu a 4 de julho: o Morriña. O espaço apresenta-se como uma taberna galega onde a cerveja é especial e há 131 vinhos para provar a copo, tudo acompanhado por petiscos como raxo, tortilha ou pimentos de Padrón.

Para quem procura um ambiente diferente de bar, nasceu a 5 de julho o Curioso Cocktail Kitchen. O espaço está inspirado no conceito de speakeasy e apresenta vários cocktails de autor em conjunto com alguns petiscos.

Para fechar julho, no dia 28, abriu mais um projeto de padaria na cidade. O Royale Pão Paixão tem, claro, muito pão, mas funciona também como restaurante onde pode comer uma refeição completa.

Entre os espaços mais recentes está o The Box, que abriu a 13 de agosto. É um bar com pista de dança, mas tem ainda uma vertente de refeição, o que faz com que lá dentro seja possível, por exemplo, tomar um aperitivo, jantar e depois ir beber um copo e dançar.

Carregue nas setas acima para descobrir mais sobre cada uma destas novidades.

 
14 restaurantes e cafés que abriram no Porto enquanto esteve de férias

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA