comida

Autotestes feitos à entrada vão dar acesso a bares e discotecas

Os espaços voltam a reabrir esta sexta-feira, 14 de janeiro. A DGS atualizou a norma de acesso.
Os testes vão ser precisos para entrar em bares e discotecas.

Bares e discotecas estão impedidos de abrir em Portugal há quase um mês. A medida foi imposta pelo Governo de forma a reduzir o número de contágios por coronavírus no País. Voltam a funcionar a partir desta sexta-feira, 14 de janeiro, com a novidade de os autotestes feitos à porta darem acesso aos mesmos.

A medida foi revista pela Direção-Geral da Saúde (DGS) esta quarta-feira, 12 de janeiro. Quando o Governo anunciou que estes espaços voltariam a abrir com a obrigatoriedade de testes, não foi especificado o tipo de testagem que seria aceite.

Desta forma, para entrar num bar ou discoteca a partir desta sexta-feira poderá apresentar certificado digital na modalidade de teste; teste negativo feito em laboratório nas últimas 72 horas; teste antigénio negativo realizado nas últimas 48 horas; ou um autoteste negativo feito à porta.

Neste último caso será necessária “a supervisão e verificação dos trabalhadores responsáveis pelo acesso a estes espaços”, explica a norma da DGS. Estão dispensadas de apresentar qualquer teste as pessoas que tenham sido vacinadas com dose de reforço contra a Covid-19 há pelo menos 14 dias.

Já o acesso a restaurantes mantém-se apenas com a apresentação do certificado de vacinação à entrada.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA