comida

Rosi: o novo cool spot da cidade é este café criado por um casal de ucranianos

Iurii e Evgeniia são os menotres do espaço com diversas especialidades de café e pastelaria caseira. E uma decoração minimalista.
Um espaço acolhedor que o leva até a Ucrânia.

No dia em que começou a guerra na Ucrânia, e sem saberem muito bem o que deveriam fazer a seguir, Iurii e Evgenia Karseladze pegaram nos poucos pertences que tinham à mão e fugiram para a Roménia. Demoraram quase dois dias a percorrer o caminho que habitualmente não levava mais de cinco a seis horas.

“Recebemos uma chamada de um amigo na madrugada, avisou-nos que a guerra tinha começado. Estávamos em obras na nossa primeira casa e pegamos nas malas sem saber ao certo o que levávamos connosco. Quanto estávamos a caminho da fronteira, várias vezes vimos bombas cair perto de nós”, recordam.

A primeira paragem em território português não foi o Porto, mas sim Peniche, onde viveram cerca de um mês. À rota acrescentaram Lisboa, depois Viana do Castelo, até que chegaram ao destino final. “É curioso pensar que tínhamos férias marcadas. Vínhamos conhecer o Porto em março — e um ano depois, cá estamos”, conta Evgeniia, de 32 anos.

Com a esperança de um dia voltar a casa, mas sem a certeza de quando o poderá fazer, o casal encontrou no País uma nova casa. Na Ucrânia, ambos trabalhavam na área de design e tinham criado a sua própria marca de móveis vintage feitos à mão. Uma vez no Porto, decidiram aventurar-se no ramo da restauração e a 1 de julho abriram no número 281 da Rua do Rosário, o Rosi Café.

Mantiveram a parede de cimento nua e crua para proporcionar ao espaço um ar mais cru e investiram nos tons brancos e castanhos. Para de certa forma homenagearem o seu antigo trabalho, criaram com as suas próprias mão as cadeiras e o sofá que estão dispostos ao longo da sala, assim como os candeeiros que iluminam o espaço.

“Por vezes o que acontece com as peças decorativas ou móveis de casa é que ou são pouco acessíveis ou então não encontramos no mercado aquilo que realmente pretendemos. Para o evitar, fizemos tudo tal como o idealizávamos, com as nossas próprias mãos”, admite, Iurii Karseladze, 33S.

Este pequeno recanto ucraniano conta ainda com uma esplanada com um pequeno jardim, que promete ser um refúgio verde que vai refrescar as tardes mais quentes do verão. No Rosi Café pode encontrar-se uma grande especialidade de cafés, do espresso ao gelado ou até com matcha e com tónico de laranja.

“O que queríamos fazer era dar às pessoas um pedaço da Ucrânia. Resolvemos fazê-lo através da comida”, esclarece o casal. Um dos destaques do menu chega diretamente do leste europeu. Syrniki (10€) sao as típicas panquecas ucranianas feitas com queijo cottage e que podem ser acompanhadas com iogurte, frutas da época, marmelada, nozes, e outras opções. Há também disponível panquecas doces ou salgadas (9,50€), tosta de salmão (13€), ovos benedict (10€) e ainda Gaspacho (6€) uma sopa de tomate fria, que asseguram, refresca qualquer dia de verão.

Quanto às especialidades de café, o casal recomenda o Orange Espresso Tonic (3,50€) uma mistura de tónico, com sumo de laranja e café. Tem ainda Iced Matcha Latte (3,50€), Espresso Americano (2,20€), Capuccino ou Latte, ambos por 2,90€, sendo que se desejar bebida vegetal acresce 0,50€. Há também limonada (2,50€), vinho branco, tinto ou verde, a copo ou de garrafa, sumos e água.

Carregue na galeria para conhecer o espaço e os pratos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua do Rosário, 281
    4050-370 Porto
  • HORÁRIO
  • Quinta-feira a segunda das 10h às 17h
  • Terça-feira e quarta-feira encerrado
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Brunch, Café

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA