comida

The Box: o novo bar portuense onde pode dançar até de madrugada

Abriu a 13 de agosto com bar e pista de dança mas a partir de setembro irá incluir também uma vertente de petiscos.
Tem três espaços diferentes.

Seja nas noites de verão mais descontraídas; ou nos fins de semana de inverno, onde o objetivo é aquecer e fazer algo diferente, dar um pé de dança é sempre boa ideia. Desde 13 de agosto que há mais um espaço no Porto onde pode fazê-lo.

Chama-se The Box e tem como objetivo apresentar uma oferta diferente daquilo que se encontra na cidade. Fica na zona das Galerias de Paris, é dos mesmos responsáveis do Lust, mas pretende atingir um público distinto, havendo para isso a ideia de criar três espaços diferentes dentro do mesmo local.

“Tenho outro espaço mais virado para o público português e brasileiro, com música funk, mas sabemos que há muito público estrangeiro a que podíamos chegar”, explica à New in Porto o responsável pelo clube, Márcio Teixeira, de 31 anos.

Nesta fase de abertura, estarão disponíveis o The Box Bar e o The Box Dancing — as vertentes de bar e pista de dança. A partir de setembro junta-se o The Box Kitchen, que irá incluir petiscos ao início da noite. Atualmente, o conceito é de bar sentado entre as 21 horas e as 22h30, abrindo depois a pista de dança até às duas da manhã. No próximo mês, poderá chegar ao espaço a partir das 19 horas para jantar.

Quanto à programação musical, por aqui vai encontrar canções sobretudo dos anos 90, 2000 e 2010. O conceito é pensado para um público estrangeiro a partir dos 25 anos, turistas que procuram estilos diferentes e portugueses com mais de 30 anos. Não há um custo de entrada nem um consumo mínimo. A ideia é que cada um seja livre para aproveitar a noite, sendo que o cuidado na atenção aos clientes é uma das características pelas quais se querem diferenciar.

O ambiente é também elegante, num estilo vintage em tons de verde, e nem falta uma carrinha pão de forma para decorar. Já no campo das bebidas, querem apostar nos cocktails e nalguns gins especiais.

Aqui vai encontrar vinhos desde 10€ mas também cerveja (2€), whisky (desde 6€), gin (a partir de 7€), caipirinha (8€), daikiri (8€), mojito (8€), pina colada (8,50€), margarita (8€) ou porto tónico (8€). Se preferir algo sem álcool, também há sumo de laranja (3€), mojito sem álcool (6€) ou pina colada sem álcool (6,50€).

A partir de setembro, a carta de petiscos ficará disponível com opções como saladas de atum ou de frango (6,50€), sandes de frango ou de atum (7€), hambúrguer Box Burguer (8€), hambúrguer de soja (7€), batatas com queijo e bacon (5,50€), ovos rotos (6,50€), tábua de queijos ou de enchidos (13€), tábua mista (20€), amêijoas à Bulhão Pato (9€) ou camarão ao alho (12€). Para os mais gulosos conte ainda com os crepes Kinder Bueno (6,50€), crepes frutillicious (6€), crepes supreme red (6€) ou os petit gâteau com bola de gelado de baunilha (5€).

Ainda com poucos dias de funcionamento, o feedback dos clientes tem sido melhor do que o esperado. “Era necessário algo assim no Porto”, defende Márcio Teixeira.

Para quem procura cafés e bares para descobrir na cidade, carregue na galeria e fique a conhecer alguns dos melhores que abriram no último ano.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Conde de Vizela, 122
    4050-639 Porto
  • HORÁRIO
  • De segunda-feira a sábado das 21h às 02h
  • A partir de setembro, das 19h às 02h
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Bar

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA