compras

Fúria dos despejos chega ao Porto. Fnac de Santa Catarina vai fechar

A retalhista francesa não conseguiu renovar o contrato de arrendamento da loja situada no edifício Palladium.
Créditos: DR

A Baixa do Porto está prestes a perder algumas das suas lojas mais emblemáticas. A Fnac, a C&A e também a Urban Project vão deixar os atuais espaços onde se encontram, uma vez que não conseguiram renovar os contratos de arrendamento, avança esta quinta-feira, 29 de fevereiro, o “Jornal de Notícias”.

A Fnac de Santa Catarina, inaugurada em 2000 e a única loja de rua da retalhista francesa na cidade, vai fechar a 30 de setembro. A C&A, também situada no edifício Palladium, ainda não revelou a data de encerramento. O imóvel na Rua de Passos Manuel, desenhado pelo arquitecto Marques da Silva em 1914, acolheu o icónico Café Palladium entre os anos 40 e 70.

O prédio conta com uma área superior a 5100 metros quadrados e estima-se que tenha um valor acima dos 20 milhões de euros, uma vez que está localizado numa das zonas mais caras da cidade, onde o preço por metro quadrado pode superar os quatro mil euros. 

Quanto à Urban Project (loja de roupa no prédio do lado), o encerramento deverá acontecer “na altura da Páscoa”. O proprietário dos dois edifícios (cuja identidade é desconhecida) não tem intenção de renovar nenhum dos contratos de arrendamento. Não se sabe se o imóvel já foi vendido ou se existe algum investidor interessado em adquiri-lo, mas as empresas já foram avisadas que terão de abandonar as lojas onde estão instaladas.

 

 

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA