compras

House of Muses: nova beauty store do Porto é o paraíso dos fãs de glitter

A marca nacional tem conquistado influencers e artistas internacionais. Os produtos ficam sempre virais nas redes sociais.
Os produtos dão brilho aos looks.

No início de outubro, apareceram várias estátuas pintadas de rosa na rua de Santa Catarina, no Porto. Os turistas e os habitantes locais pararam, confusos, para tentar perceber a presença daquelas figuras maquilhadas, com piercings ou tatuagens e graffitis. Na parte de baixo, um QR code revelava que se tratava apenas de uma forma original de anunciar uma nova loja na cidade.

A House of Muses, a “beauty store mais brilhante do País”, foi inaugurada a 8, de outubro, em Vila Nova de Gaia. É o primeiro espaço físico da marca portuguesa Musa Makeup, que se tornou um fenómeno internacional nos últimos anos. Porém, só vai abrir portas aos clientes uma vez por mês.

“O mundo digital é o nosso principal foco, mas gostamos de dar uma experiência diferente aos clientes”, conta à NiT a fundadora, Rita Dobrões, de 28 anos. Mais do que um ponto de venda, o espaço vai funcionar como showroom, espaço de trabalho, armazém e, no futuro, um laboratório. “Uma espécie de tudo em um.”

Quando os clientes entram na loja, são recebidos pelas mesmas estátuas que invadiram a cidade. À volta destas esculturas, que representam “a musa moderna”, surge então um mundo cor de rosa com todo o brilho e glitter que caracteriza a marca. Afinal, essa é uma das razões do sucesso.

O início do sucesso

Em 2021, a Musa foi distinguida, pela agência Brinfer, como a 15.ª etiqueta mais reconhecida nas redes sociais, sendo o único negócio português a fazer parte da lista. De maquilhadoras de cantoras, como Cardi B, a influencers com milhões de seguidores, tornou-se comum ver estes produtos brilhantes em tutoriais de maquilhagem no Instagram ou no TikTok.

A ideia surgiu em 2018, quando a fundadora concluía a licenciatura em marketing e a trabalhava numa discoteca, em simultâneo. “Usava muitos brilhantes em pó nos olhos e as raparigas perguntavam-me onde o arranjava. Quando lhes contava, diziam que era muito difícil de aplicar”, recorda.

Ao mesmo tempo, sempre teve um espírito empreendedor. “Vendia limonada à porta de casa, fazia tererés para as outras crianças, vendia pulseiras e porta-chaves. Tinha vontade de fazer coisas diferentes, — queria fazer de tudo. Tentei lançar outros negócios antes da Musa, em áreas completamente distintas, mas por ser muito inexperiente, não correram como esperava”, recorda.

Com o passar do tempo, percebeu que se existisse uma opção semelhante aos brilhos que usava, mas em creme, a adesão ia ser enorme. Após dois anos a desenvolver a fórmula, com ajuda de um laboratório nacional, lançou o creamy glitter e apresentou um produto pioneiro no mercado da cosmética internacional. A partir daí, a procura escalou.

https://www.tiktok.com/@malvina_isfan/video/7125101766080810245?q=creamy%20glitter%20musa&t=1697038068872

“As pessoas diziam que havia nada tão suave de aplicar. E ficava o dia e a noite toda, se fosse preciso”, conta. “Além disso começámos a diferenciar-nos pela criatividade nas campanhas que fazíamos e a chamar à atenção de um público internacional.”

Quando lançaram o lip gloss brilhante, alugaram um helicóptero e tornaram-se agentes secretos numa campanha em que iam à casa das influencers. Entretanto, surgiram novas sugestões. O produto mais recente a ficar viral foi o glitter spray, que pode ser usado na cara, no corpo ou na roupa.

“Criamos as nossas fórmulas, mas ainda não somos nós a produzir. É tudo feito em Portugal e acompanho o processo desde o início, mas tencionamos assumir o controlo a partir de 2024”, acrescenta. Normalmente, demoram cerca de 3 anos a trabalhar em cada novidade.

Musa House of Muses

Dos bestsellers à maquilhagem personalizada

Inês começou por comprar o espaço, em Gaia, apenas com a intenção de construir este laboratório. Porém, como conseguiu a oportunidade numa zona central e tranquila, em simultâneo, decidiu concentrar tudo no mesmo teto. “Sabiamos que as pessoas vinham ter connosco”, diz.

Além de todo o catálogo da Musa — incluindo os mais vendidos —, pode encontrar alguns produtos exclusivos da musa, como um fato de treino rosa. Juntaram ainda outras marcas portuguesas, como Inês Franco ou Liliana Filipa, e etiquetas internacionais, como a 99 Plus One ou a Vike Beauty.

Os clientes podem ainda agendar serviços de maquilhagem personalizada. Quer seja para um evento especial, uma ocasião importante ou apenas para um look diário, a equipa está pronta para dar resposta às necessidades que vão surgindo, desde que haja uma marcação prévia.

“O objetivo é criar uma comunidade. Queria criar uma casa para reunir as musas, daí o nome”, adianta. “Estamos prontas para receber para todos os amantes de beleza que se queiram sentir confiantes e que expressem a sua arte através da maquilhagem.”

A partir do próximo ano, a Musa prepara-se para ter uma oferta ainda mais vasta em termos de cosmética. Pela primeira vez, vão apresentar uma linha completa de skincare e de maquilhagem em vez da aposta em lançamentos isolados.

Inaugurado o espaço, o objetivo é que a House of Muses abra as portas para dias temáticos. Rita quer voltar a receber os clientes ainda no Halloween, durante a Black Friday e ainda durante a época do Natal. “Será sempre em datas mais importantes”, conclui.

Aproveite e carregue na galeria para ver mais fotos do espaço. Também pode visitar o site da marca para conhecer melhor o catálogo.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA