compras

O Porto vai receber o primeiro MyCloma Fest

O mercadinho do projeto de venda de roupa em segunda mão está marcado para 19 e 20 de junho.
É já no fim de semana

A primeira edição do MyCloma Fest vai ter lugar no Porto de 19 a 20 de junho. O evento tenta promover a economia circular e a ética ambiental.

Seguindo aquilo que são os valores da MyCloma, a marca promotora, o mercadinho irá ter roupas e livros em segunda mão mas também um grande foco na sustentabilidade. Para isso, foram convidados a participar alguns projetos de arte ecológica, música e comida de conforto.

Esta foi a forma que os fundadores da MyCloma arranjaram para celebrar o primeiro aniversário do projeto criado durante a pandemia. Ou seja, “através de uma ação com impacto, que envolva a comunidade no propósito da preservação do planeta”, explica a organização.

Além de ser possível ver e tocar as peças da MyCloma ao vivo, vai ter oportunidade para conhecer outros projetos, como A Tripeirinha, MINERAL Organic Crafts, Trade Stories, Mande uma Flor, Arum Earrings ou Meia Laranja.

O motivo é “uma opção natural”, diz uma das fundadoras da MyCloma, Ana Catarina Monteiro, acrescentando: “Temos por princípio estabelecer parcerias, mas também porque a presença de outras marcas é um fator de valorização do MyCloma Fest na ótica do cliente”.

A primeira edição do festival vai ficar marcada também pelo lançamento daquela que será a “primeira aplicação móvel portuguesa especializada na venda de roupa em segunda mão”, como forma de salientar a importância de comprar roupa usada. A aplicação estará disponível para Android e iOS.

Do programa fazem ainda parte workshops, um desfile de moda e DJ ao vivo. O festival vai decorrer entre as 10 horas e as 20 horas em ambos os dias, na Rua do Monte Alegre, 66.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA