compras

Vai de férias? Há um serviço de hotel e hospital no Porto que cuida das suas plantas

A ideia é do The Floral Affairs e está disponível até setembro. Uma solução para quem não quer dar trabalho aos familiares.
Ideal para as férias.

Nos últimos anos, as plantas têm ganho mais destaque nas casas portuguesas. Há mais fãs da natureza a quererem montar as suas pequenas florestas urbanas dentro de casa e orgulham-se de cada novo rebento, que muitas vezes partilham nas redes sociais.

O problema chega na hora de deixar a casa por uns dias para ir de férias. Muitos pedem a familiares ou amigos que passem lá por casa para regar as plantas e abrir um pouco as janelas, mas é uma logística que nem sempre é fácil de coordenar. Com frequência, o trabalho de meses a cuidar das plantas acaba por ficar comprometido em apenas alguns dias. Para os portuenses, já existe uma solução.

O The Floral Affairs, um projeto de florista criado em janeiro por Débora Pinguinha, de 39 anos, acaba de lançar o serviço Hotel & Hospital para plantas. Sim, é isso mesmo, um serviço que, de momento, funcionará até 30 de setembro e que permite que deixe lá as suas plantas enquanto vai de férias, com a certeza de que ficam bem cuidadas.

“Comecei a pensar que nas férias as pessoas deixam os animais em hotéis específicos, mas não havia nada do género para as plantas. Muitas pessoas deixam as plantas na banheira com bastante água, mas isso não faz bem à planta”, explica Débora à New in Porto.

O serviço começa com uma mensagem ou telefonema para fazer a reserva, depois só precisa de levar as suas plantas até ao espaço. Quando chegam, é feito um diagnóstico para ver o estado das plantas, seguido de poda ou algum tratamento específico que possa ser necessário.

A florista questiona também quais são as condições que a planta tem em casa para tentar reproduzi-las no local, de forma a que haja algum equilíbrio e a planta não sofra uma mudança muito brusca. Os cuidados necessários são mantidos ao longo da estadia e antes do check-out é feita uma prescrição com os cuidados que a planta possa precisar para os três meses seguintes.

Este serviço custa 2,50€ no primeiro dia e 1€ por dia para o segundo e restantes dias da estadia. O Hotel & Hospital de plantas começou a 1 de julho e tem duração prevista até 30 de setembro.

Agora que já conhece este novo serviço, vale a pena descobrir a história por detrás da criação do The Floral Affairs. Formada em Design de Comunicação, Débora Pinguinha desde sempre foi apaixonada por plantas e flores e até chegou a trabalhar voluntariamente numa florista apenas pelo gosto desta área.

Quando ficou grávida em 2019, sentiu algumas dificuldades em manter o rendimento no trabalho, por isso decidiu acompanhar o marido até à Escócia, onde se mudava por questões de trabalho. Com a pandemia, o casal resolveu regressar ao Porto e Débora apostou no seu sonho antigo. “Sempre quis ter uma loja de florista e não trabalhando para um patrão, consigo gerir o meu tempo e as minhas rotinas à minha maneira.”

Foi assim que abriu o espaço a 25 de janeiro deste ano. Tem todas as semanas o bouquet da semana (25€), com as flores da época e faz entregas gratuitas na cidade do Porto. Além desse, faz qualquer tipo de arranjos de flores — com preços que podem começar nos 4€ e aumentar conforme as flores ou género pretendidos —, desde os mais simples até ramos de noiva ou coroas fúnebres. Só precisa de aparecer e dizer que tipo de ramo pretende. No caso de querer flores específicas ou algo mais complexo, convém encomendar com pelo menos 24 horas de antecedência.

Tem ainda opções de vasos biodegradáveis e está sempre atenta a todos os detalhes que possam tornar o seu negócio mais sustentável. Até ao momento, está a correr bem.

“Ponho tudo o que sou naquilo que faço e acho que se nota. É comovente ver como as pessoas notam isso sem ter que lhes dizer.” Sempre com a sustentabilidade do ambiente e do comércio local em mente, Débora já prepara algumas colaborações com outros artistas e comerciantes locais, de forma a “valorizar o que é nosso”.

Carregue na galeria para descobrir alguns dos trabalhos feitos por Débora.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua de Santa Catarina, 890
    4000-446 Porto
  • HORÁRIO
  • De segunda a sexta-feira das 10h às 19h.
  • Sábado das 10h às 13h.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA