cultura

“007”: Daniel Craig estava bêbedo quando ofereceu o cargo de realizador a Sam Mendes

O cineasta realizou “Skyfall” e “Spectre”. Conseguiu o trabalho porque esteve nos copos com o ator que interpretava James Bond.
Daniel Craig despediu-se de Bond em 2021.

O ano de 2021 marcou o fim de um ciclo para a saga de “007” e para Daniel Craig, que se despediu do papel de James Bond no filme “007: Sem Tempo Para Morrer”. Numa entrevista a um podcast da revista “The Hollywood Reporter”, o ator contou uma história curiosa sobre a sua participação na saga.

Pelos vistos, foi Daniel Craig que convidou diretamente o realizador Sam Mendes para dirigir os filmes “Skyfall” e “Spectre”, depois de alguma desilusão com “Quantum of Solace” — mas estava embriagado. Tudo aconteceu na festa de Natal de Hugh Jackman, para a qual os dois foram convidados.

“Estava definitivamente um bocado bêbedo, o Sam apareceu tarde e já não o via há anos, desde o ‘Caminho para Perdição’. O Sam sentou-se e estávamos a beber um copo e simplesmente pensei, foi um daqueles [momentos]. Estávamos a conversar sobre realizadores… e de repente tornou-se tão óbvio para mim quando estava frente a frente com ele. Pensei: ‘claro’. E por isso, basicamente, perguntei: ‘Provavelmente não é suposto dizer isto, mas queres realizar o próximo filme de Bond?’”, contou Daniel Craig no podcast.

Sam Mendes disse prontamente que sim. “E depois pensei: estou na merda. De certeza que há alguém com quem tenho de falar antes de andar a oferecer o trabalho de realizador. Não era minha responsabilidade, mas estava bêbedo!”

Na manhã seguinte, teve de ligar para a produtora Barbara Broccoli, que trabalha na saga de “007” desde os anos 90, para pedir desculpas e explicar o que acontecera. “Telefonei para a Barbara a pensar ‘meu Deus, vamos lá, vou estar na merda agora’. Disse: ‘Ontem à noite ofereci o cargo de realizador ao Sam Mendes’.” Felizmente, a resposta da produtora foi: “incrível, ótimo”.

Depois de Sam Mendes ter realizado “Skyfall” e “Spectre”, o mais recente filme da saga foi dirigido por Cary Joji Fukunaga. Ainda não foi confirmado quem será o próximo realizador — nem se sabe quem será o ator protagonista, apesar de Broccoli já ter adiantado que os fãs podem esperar um homem britânico.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA