cultura

Batalha Centro de Cinema começa o ano com sessões para toda a família

Até fevereiro, os sábados são dedicados à exibição de filmes de várias temáticas. Os bilhetes custam 5€.
O filme "Harmónica" abriu a temporada.

A agenda cultural portuense já está ao rubro e no maior centro de cinema da cidade, os sábados são para serem passados em família. Sempre às 15h15, vão ser exibidos filmes para todas as idades.

A primeira sessão fica marcada pela exibição do filme “Harmónica”, de 1973. Da autoria do realizador iraniano Amir Naderi, conta a história de um miúdo que acaba de receber um presente do estrangeiro: uma harmónica, tornando-se, assim, o centro das atenções do público.

A obra retrata o cómico e, por vezes, o cruel da infância, refletindo ainda sobre jogos de poder, pressão de grupo e a importância de saber dizer “não”. Restaurada em 2023 pelo Instituto para o Desenvolvimento Intelectual de Crianças e Jovens Adultos (KANOON, Irão) é apresentada no âmbito do novo programa do Batalha, “Tesouros do Arquivo”, que propõe a (re)descoberta de obras recentemente restauradas.

Já no sábado, 10 de fevereiro, a sugestão é um filme de Florence Miailhe, “La Traversée” (A Travessia, em português). A animação de 2021 centra-se na história de dois jovens órfãos, que têm de atravessar diversos países sozinhos, até conseguirem um porto seguro. O filme foi distinguido no mesmo ano de estreia, com a menção do júri no festival de Annecy. Estará em exibição, excecionalmente, até o dia 22 de fevereiro, no âmbito da retrospetiva que o Batalha dedica a Jane Birkin, conhecida pelo seu trabalho enquanto ativista de causas como a crise dos refugiados.

A sessão para famílias do dia 24 de fevereiro propõe o filme “Dragon Inn”, de 1967, de King Hu. Na época do seu lançamento bateu recordes na bilheteira asiática, pois é uma obra que ressuscita e renova o género de filme de artes marciais, ainda antes da exposição de filmes de ação com Bruce Lee. Situada no século XV, a história segue um eunuco real, que elimina o seu maior e principal inimigo. O filme estará também em retrospetiva até ao final do mês de fevereiro. 

As entradas para as sessões custam 5€ e podem ser adquiridas online ou na bilheteira do Batalha. Não se esqueça que as estações de metro dos Aliados e do Bolhão ficam próximas do espaço.

Espreite ainda na seguinte galeria os concertos que vão marcar o ano de 2024 no Porto.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA