cultura

Federação Académica do Porto vai oferecer bilhetes para a Queima das Fitas a estudantes carenciados

A FAP anunciou ainda a programação para o segundo palco, a menos de uma semana do arranque do evento.
É já este sábado.

A pouco mais de uma semana do início da maior festa académica do Porto, a Federação Académica da cidade assinou um protocolo com os Serviços de Ação Social do Politécnico do Porto, a Universidade do Porto e a Escola Superior de Enfermagem. O acordo estabelecido consiste na oferta de dois mil bilhetes a estudantes mais carenciados.

O objetivo é que nenhum aluno fique excluído de participar na Queimas das Fitas do Porto por questões financeiras. A assinatura deste protocolo representa um avanço nas metas estabelecidas na agenda 2030 da FAP, que está ainda alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas.

A Federação Académica do Porto anunciou ainda a programação do segundo palco, o Palco Eristoff, onde a festa dos estudantes continua depois das apresentações no palco principal. Serão oito noites ao som do hip hop ‘tuga’ com Bluay, Phoenix RDC, Força Suprema, Mundo Segundo e Joint One & Yung Juse; de música eletrónica com os DJs Breyth, Zanova, Dumore, 3atista, Nuno Clam, KissOneHundred e Oder; e a animação dos Insert Coin, Miguel Bravo e Remember 10’s.

Recorde-se que a Queima das Fitas do Porto 2024 recebe alguns dos maiores artistas nacionais e internacionais no Palco Principal, de 4 a 11 de maio, nomeadamente: The Script, Slow J, Dillaz, Richie Campbell, Fernando Daniel, Matuê, Lon3r Johny, Bárbara Bandeira, Ivandro, Regula, Wet Bed Gang, Mariana Bo, Hybrid Theory, Mizzy Miles and Friends, Bispo, Van Zee, Rosinha e Quim Barreiros.

Com mais de 100 anos de história, a Queima das Fitas do Porto promete elevar a fasquia em 2024, proporcionando uma semana inesquecível, repleta de entretenimento, cultura e tradição académica. Os bilhetes já se encontram à venda online por 12€ até sexta-feira, 3 de maio. A partir do dia seguinte, o custo do bilhete será 13€. A estação de metro de Matosinhos Sul fica próxima do Queimódromo.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA