cultura

Humorista João Pinto apresenta espetáculo de stand-up em Lisboa e Porto

“Mãe” é o título do solo que o comediante irá apresentar nos próximos dias. A NiT falou com ele.
Ainda há bilhetes à venda.

O humorista João Pinto prepara-se para apresentar o espetáculo de stand-up comedy “Mãe” nos próximos dias. Vai atuar no Lisboa Comedy Club a 28, 29 e 30 de setembro — e a 1 de outubro ruma ao Porto, para uma performance no Teatro Sá da Bandeira. Os bilhetes estão à venda por 15€.

“A ideia surgiu porque, ao longo deste ano e meio ou dois anos, tinha uma série de textos que falam sobre o meu casamento, a minha infância e adolescência e tinham esta linha em comum — por isso achei engraçado fechar este ciclo de stand-up com um solo e um espetáculo com este nome e esta temática de pano de fundo”, explica João Pinto à NiT.

“No meu caso, tenho estes três exemplos [de maternidade]. A minha avó, mãe da minha mãe, criada no norte, na Régua, naquela pobreza e dificuldade toda. Tinhas que mandar os filhos para Lisboa e para aqui e para ali para poderem ser alguém. O exemplo da minha mãe, que, lá está, foi enviada para Lisboa muito nova. Veio servir para casa de uma senhora com 10 anos, aquelas histórias que todos ouvimos. Teve de fazer pela vida, perdeu o marido na guerra e depois teve que se virar sozinha com dois filhos e toda a luta que teve para poder ser alguém — e empresária em nome individual, para poder crescer, ter algumas coisas — e depois a luta da minha mulher, que é mãe agora”, acrescenta.

“É uma coisa completamente diferente, em que se pede às mães para serem porreiras, cool, para estarem na escola, para fazerem T-shirts, vulcões e criarem famílias de bichos da seda, para planearem festas, fazerem bolinhos e juntarem dinheiro. A mãe tem de fazer TikToks e tirar fotografias com os filhos, estar em todo o lado ao mesmo tempo e além disso ser uma profissional de sucesso, com uma exigência laboral muito grande, e está ensanduichada entre as exigências de uma série de vertentes da vida. Há aqui muita coisa em que a figura central acaba por ser essa: a mãe.”

Depois destas datas, poderão ser marcadas mais, mas é possível que seja mesmo o fim de um ciclo — e o início de outro. De qualquer forma, o solo vai ficar registado para a eternidade. “A ideia é sempre utilizar o conteúdo. Tendo a gravação podemos pensar que a Netflix vai estar muito interessada no meu especial, ou podemos ser um bocado mais terra a terra, cortá-lo aos bocados e metê-lo no Instagram, vamos ver [risos].”

João Pinto é um dos comediantes mais presentes no atual Lisboa Comedy Club. Além disso, já participou em eventos como o NOS Alive, O Sol da Caparica, o Festival F ou o programa “5 Para a Meia Noite”.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA