cultura

M.Ou.Co vai receber primeiro concerto da digressão de Kiko & The Blues Refugees

O espetáculo vai contar com o músico internacional BJ Cole como convidado especial.
Fotografia de Anabela Trindade.

É já no próximo dia 24 de fevereiro, quinta-feira, o primeiro concerto da digressão nacional dos Kiko & The Blues Refugees. O espetáculo vai ter lugar no M.Ou.Co, a partir das 21h30, e conta com a presença especial de BJ Cole.

O grupo formado por Kiko Pereira, António Mão de Ferro, Jorge Filipe Santos, Carl Minnemann e João Cunha vai apresentar o seu álbum de estreia, “Threadbare”, lançado em 2021. Inspirado no dia a dia e em conceitos como a solidariedade ou as injustiças, o álbum foi composto durante a pandemia e junta sonoridades dos blues com rock n’ roll, rhythm and blues, soul ou jazz.

“Os espetáculos são a continuidade do trabalho que temos feito desde a pandemia, de estarmos confinados e presos em nós próprios”, explica Kiko Pereira à New in Porto. Um dos destaques recentes da banda é o single “Fake News” inspirado num conversa que Kiko ouviu numa fila no aeroporto antes de embarcar numa viagem.

“Representa aquilo com que nos debatemos a partir do momento em que acordamos até ir para a cama. O que é que é verdadeiramente real e o que é fabricado e o que fica nessa zona cinzenta entre um e outro”, diz, acrescentando: “Fiquei a trautear a frase até encontrar um ritmo e uma certa musicalidade naquela frase. Escrevi a musica durante o voo”, revela.

Depois de ter colaborado num dos temas do álbum, BJ Cole marcará também presença nos espetáculos desta digressão nacional. O conhecido guitarrista conta no currículo com participações em temas de Elton John, Paul Young, Depeche Mode, Bjork ou Sting.

O espetáculo no M.Ou.Co já tem os bilhetes disponíveis online por 10€. Depois, seguem-se concertos em Coimbra, Arcos de Valdevez e Setúbal, de 25 a 27 de fevereiro, respetivamente. Todas as informações estão disponíveis no site da banda.

Kiko Pereira deixa o convite: “Vai ser uma noite bem passada. Que outro sítio senão no Porto para começar uma festa?”

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua de Frei Heitor Pinto, 65
    4300-252 Porto

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA