cultura

Maio é o mês da mãe nas bibliotecas portuenses

As atividades são gratuitas com sessões à quinta-feira e ao sábado e também ateliers específicos.
Fotografia de Porto.

As sessões de leitura e atividades nas bibliotecas do Porto são já um programa habitual que os miúdos não deixam passar em branco e os pais também não. Ao longo do mês de maio, o grande tema a abordar vai ser a mãe, recorrendo a várias facetas suas.

A atividade Sábados a Contar é aquela que se dirige a miúdos dos três aos seis anos e acontece ao sábado na Biblioteca Municipal Almeida Garrett. Assim, a 7 de maio, os miúdos vão conhecer “Quando a Mãe Grita”, de Jutta Bauer, uma história que pretende mostrar aos mais novos que os pais não deixam de gostar deles por perderem a paciência e aos pais que saber reconhecer o erro não é uma fraqueza.

A 14 de maio, “O Ovo da Pequena Coruja”, de Debi Gliori, será o escolhido, com uma abordagem sobre o tema da chegada de novos filhos e irmãos. O último sábado de atividades será a 21 de maio, com “A Cantiga do Urso”, de Benjamin Chaud, a juntar pais e filhos em torno da história de um pai urso que procura o seu filho.

Como é habitual, a participação nos Sábados a Contar é gratuita, mas carece de inscrição prévia. A 7 de maio haverá sessão apenas às 11 horas, mas nos restantes dias a sessão é dupla — às 11 horas e às 15h30.

As Oficinas com Estória, por sua vez, realizam-se na Biblioteca Pública Municipal e destinam-se a idades entre os seis e os oito anos. No primeiro sábado, 7 de maio, será “Grávida no Coração”, de Paula Pinto da Silva, a trazer para debate a questão da adoção.

No sábado seguinte, 14 de maio, “Coração de Mãe”, de Isabel Minhós Martins, será a obra abordada, tocando o tema de como a ligação entre mães e filhos não se quebra, mesmo que estejam longe uns dos outros. A 21 de maio, o tema será o elogio às mães protetoras e guerreiras, com “A minha Mãe”, de Stéphane Servant e Emmanuelle Houdart.

Aqui, as inscrições deverão ser feitas através de email (bmp@nullcm-porto.pt) e também há duas sessões a cada dia, uma às 11 horas e outra às 15h30.

Para descobrir há ainda a atividade À quinta, há Histórias à solta!, que acontece à quinta-feira na Biblioteca Pública Municipal. Assim, a 5, 12, 19 e 26 de maio vai poder descobrir novas histórias às 16h30 e às 18h30, pela mão de Teresa Madureira. Neste caso, as inscrições gratuitas serão feitas igualmente através de email (bmp@nullcm-porto.pt).

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA