cultura

Nany People vai dar um espetáculo de stand-up no Porto — já pode comprar os bilhetes

“Tsunany” chega ao Teatro Sá da Bandeira a 1 de novembro, terça-feira.
Fotografia de Nany People.

A artista brasileira Nany People vai apresentar o seu espetáculo de stand-up “Tsunany” no Porto. Vai ser no próximo dia 1 de novembro terça-feira, que o Teatro Sá da Bandeira recebe a atriz e comediante, que atua no nosso País pela primeira vez.

Com 30 anos de carreira e passagens por vários programas de televisão no Brasil — onde se incluem novelas da Tv Globo, por exemplo —, Nany já esteve em Portugal a fazer reportagens para programas brasileiros, no entanto, esta é a primeira vez em que vai realmente apresentar-se ao público nacional. O espetáculo escolhido foi “Tsunany”, que no Brasil tem vindo a ser levado a público nos últimos 11 anos.

Curiosamente, o nome deste espetáculo surgiu após Fábio Porchat — conhecido por projetos como Porta dos Fundos — ter apresentado Nany People num evento de comédia dizendo “chegou o Tsunany do humor”. A partir daí, o texto tem mudado ao longo dos anos com o objetivo de se adaptar ao contexto social, político e cultural do mundo, mas a base mantém-se.

“Falo dos bons e maus hábitos sociais, culturais, tecnológicos e como é que tudo isso influencia a nossa vida, o nosso desenvolvimento social, emocional e sexual. Tiro partido de tudo isso, faço uma análise bem-humorada e tenho o público como meu parceiro, interajo muito com ele e sentem-se retratados”, explica Nany à New in Porto.

Nany People define-se como “uma atriz mineira por condição, paulistana por devoção e fé e que fez do humor o seu maior estandarte de vida e que, por acaso, é uma mulher trans”. Ainda assim, faz questão de sublinhar que o seu espetáculo não está pensado nem dirigido para um público LGBT mas sim para todos. É um texto com ideias femininas e feministas, mas onde todos poderão sentir-se retratados porque fala, sobretudo, de seres humanos e da importância do amor na vida das pessoas.

“Faço uma análise bem-humorada do universo masculino sob a ótica feminina porque a maioria dos textos de stand-up são feitos por homens que analisaram o universo feminino, avacalharam e fizeram humor. Como vivi parte da minha vida no universo masculino e outra parte no feminino, posso falar sobre quais as diferenças de um e de outro.”

A atriz e comediante de 57 anos apresenta-se em palco sozinha para um espetáculo de cerca de 1h40 onde fala sobre as suas experiências e visão do mundo com algum humor, mas onde também tem um lado sério e tenta dar um cunho motivacional ao seu discurso. Desta vez, terá cuidado para adaptar o texto para os portugueses, mas o público pode esperar alguns detalhes como citações de Camões.

“Espero que se divirtam como eu me divirto a fazer”, diz, acrescentando que o mote do espetáculo é: “Tudo aquilo que você vê, se identifica, se critica e não se crucifica, se diverte”.

O “Tsunany” chega ao Porto a 1 de novembro e os bilhetes, que pode comprar online, custam entre 16€ e 20€. A digressão de Nany People em Portugal passará também por Lisboa a 31 de outubro, Coimbra a 3 de novembro e regressa a Lisboa a 4 de novembro. “Estou muito ansiosa, muito feliz e agradecida de poder ir aí”, remata.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA