« O novo mural portuense junta flores, viagens e até uma sopa de letras dedicada à avó

Mura e as “glórias da manhã”

Mura decidiu pintar "glórias de manhã", uma espécie invasora, que ocupa espaços abandonados e cresce de forma livre, tal como a sua arte.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO