cultura

Porto Pianofest começa esta sexta-feira com maratona gratuita no Mercado do Bolhão

Antes de espalhar música clássica pela cidade fora, o festival apresenta atuações de piano durante oito horas consecutivas.
Não perca o festival que alia o património, a música e as pessoas.

A Casa da Música, a Reitoria da Universidade do Porto, o Pátio da Casa-Museu Guerra Junqueiro e até o WOW servirão de palco para os maiores talentos de piano, flauta e dança clássica. Mas antes de dar inicio à 8.ª edição do Porto Pianofest, o festival internacional de música clássica, apresenta esta sexta-feira, 28 de julho, uma Maratona de Piano no renovado Mercado de Bolhão, das 11 às 19 horas.

A cidade já começa a receber os artistas convidados para o evento, que tem como missão democratizar o acesso à música clássica. É por isso que todas as edições contam com uma maratona de acesso livre, em locais emblemáticos da cidade. Depois da Estação de São Bento e do WOW terem sido palcos de grandiosos artistas, é a vez do renovado Mercado do Bolhão, que receberá concertos de piano durante oito horas consecutivas. De vários músicos consagrados a alunos de várias escolas de música do País, incluindo o coro tradicional, esta maratona antecipa — e celebra — o arranque de uma semana repleta de concertos, em várias salas da cidade, de 1 a 9 de agosto.

Nuno Marques, músico português, residente em Nova Iorque e diretor do Porto Pianofest, explica que o poder democrático da música é o motor do festival e ao estender os concertos a várias salas acaba por criar um “roteiro que convida a percorrer a cidade, num diálogo permanente entre património, música e pessoas”. A escolha deste ano de inaugurar o evento naquele que é considerado um dos maiores símbolos da cidade — o Mercado do Bolhão — representa a missão do Porto Pianofest de “trazer contemporaneidade ao clássico e abranger todos os públicos”.

Se for fã de música clássica ou não tiver ainda planos durante a semana, não perca a oportunidade de conectar-se com a cidade através da música, conheça ao pormenor a programação do Porto Pianofest.

Quarta-feira, 1 de agosto — 19h30

O concerto de abertura é na Casa da Música, com o regresso dos bailarinos dos Stars of American Ballet, com Emmanuel Salvador no violino e Nuno Marques no piano.

Quinta-feira, 2 de agosto — 19h30

O Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto recebe a José Ramón Méndez, que volta a apresentar-se na cidade, interpretando obras pianísticas de referência.

Sexta-feira, 3 de agosto — 19h30

Mais um dia, o Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto recebe um duo entre duas estrelas em ascensão, a flautista Ana Ferraz e o pianista Selim Mazari. Neste mesmo dia, o Museu Romântico abre as portas para um concerto de acesso livre, por volta das 13 horas e, ainda, por volta das 18 horas na Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto, poderá assistir a uma palestra do pianista Zsolt Bognár, a entrada também é gratuita.

Sábado, 4 de agosto

Ainda na Reitoria da Universidade do Porto decorre a estreia do pianista e autor norte-americano Zsolt Bognár, às 19h30. E, tal como no dia anterior, haverá um concerto no Museu Romântico no mesmo horário e uma palestra com a pianista Lara Downes, também na Casa Comum na Reitoria da Universidade do Porto, ambos de acesso livre.

Domingo, 5 de agosto

Neste dia acontece o tradicional Concerto para Famílias, às 10h30 e ao meio-dia, na Casa Comum na Reitoria da Universidade do Porto. Juntamente, a programação conta com a estreia de uma das cabeças de cartaz do evento: a pianista Lara Downes, que atua no final do dia, no Pátio da Casa-Museu Guerra Junqueiro, às 19h30.

De 6 a 8 de agosto, o Porto Pianofest estará no WOW, com os recitais do Ciclo de Residências Artísticas. O concerto da Hyeseon Jin está marcado para dia 6, às 18h30 e, Jean-Christophe Melançon atua no mesmo dia, às 20 horas. No dia 7 é a vez de Sheena Hui e Ann DuHamel, às 18h30 e 20 horas, respetivamente. No dia 8, sobem ao palco Chenxing Huang às 18h30 e Sélim Mazari, às 20 horas.

Na quinta-feira, 9 de agosto, assinala-se o encerramento do evento no Palácio da Bolsa pelo pianista espanhol Luís Fernando Pérez. Por fim, no dia seguinte, 10 de agosto, o festival parte em digressão até Vila Nova de Famalicão. Os bilhetes já se encontram à venda e os preços variam entre os 3€ e os 20€, dependendo do concerto pretendido.

O Porto Pianofest é um festival internacional que tem como principal objetivo fortalecer o Porto enquanto hub cultural ao trazer artistas de várias partes do mundo para performances em diversos locais históricos da cidade. Também procura promover o diálogo artístico internacional, através da componente educativa, com um corpo artístico docente, conferências, masterclasses e alunos do mais alto nível. Desde a sua primeira edição em 2016, tem vindo a apresentar vários artistas internacionais como Clarice Assad, Jean Saulnier, José Ramón Méndez, entre outros. O Porto Pianosfest não vem só consagrar grandes nomes, mas também pretende apresentar futuras estrelas do mundo da música.

Se tiver interesse em assistir a algum dos concertos, não se esqueça que tem uma estação do metro perto de si. Se o seu destino for a Reitoria da Universidade do Porto ou o Museu Romântico, a estação mais próxima é a dos Aliados. Se por outro lado, quiser ir à estreia do festival, pode deslocar-se até à estação da Casa da Música. Por outro lado se quiser ir ao concerto de encerramento, pode deslocar-se até a estação de metro de São Bento e, se quiser ir até ao WOW, a estação mais próxima é no Jardim do Morro.

De seguida carregue na galeria para ver mais imagens do Mercado do Bolhão.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA