cultura

Rui Reininho lança o primeiro álbum a solo desde 2008

Já pode ouvir “20.000 Éguas Submarinas”. São 12 faixas, com 37 minutos de música nova do líder dos GNR.
Rui Reininho tem 66 anos.

Chama-se “20.000 Éguas Submarinas” e é o novo disco em nome próprio de Rui Reininho, líder dos GNR, que foi lançado esta sexta-feira, 11 de junho. Já pode ouvir as 12 faixas — no total são 37 minutos de música nova, se incluirmos o single já conhecido, “Animais Errantes”.

Trata-se de um álbum com forte presença do instrumentista Paulo Borges, que foi coprodutor e participa em todas as canções. Além disso, há colaborações com Alexandre Soares e Jacomina Kistemaker. O processo de composição e de produção demorou cerca de três anos.

Editado pela Turbina, “20.000 Éguas Submarinas” não tem uma estética pop rock característica dos GNR, sendo um disco com sonoridades mais experimentais, e muito inspirado no mar — daí o trocadilho com o livro de Júlio Verne “20 Mil Léguas Submarinas”.

O músico portuense vai apresentar o disco em vários locais, começando no Festival Aleste, no Funchal, a 26 de junho. Seguem-se atuações nos Jardins Efémeros, em Viseu; na Culturgest, em Lisboa; no GNRation, em Braga; e na Feira do Livro do Porto.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA