cultura

Teatro Nacional São João recebe espetáculo futurista esta semana

Depois de passar pelos principais teatros europeus, a nova criação de Susanne Kennedy chega ao Porto a 15 e 16 de março.
É um espetáculo bem fora da caixa.

Angela é uma influencer das redes sociais cuja existência aparentemente nada tem de singular. No entanto, há uma doença misteriosa a espalhar-se pelo seu interior. Tudo o que ela sonha, ouve e pensa, manifesta-se também fora dela, num imparável processo inflamatório. Como tudo o que acontece no mundo se reflete no seu íntimo, o processo origina um interminável e estranho “loop”.

Esta é a proposta de Susanne Kennedy, encenadora alemã a estrear-se pela primeira vez em Portugal com a história distópica de uma influencer das redes sociais. É considerada uma das mais originais vozes do teatro contemporâneo e traz o espetáculo “Angela (a strange loop)” ao Teatro Nacional São João, nos dias 15 e 16 de março, sexta-feira e sábado.

A peça acompanha a personagem principal desde o nascimento até à morte e pretende ser um estudo de caso sobre o que significa ser humano na atualidade. Nesta sua nova criação, a encenadora, em colaboração com o artista visual Markus Selg, ultrapassa, uma vez mais, os limites tradicionais do teatro. Através de um espetáculo multimédia labiríntico e em permanente transformação, o espectador é convidado a mergulhar nos abismos da protagonista.

“Angela (a strange loop)” é a primeira produção da estrutura independente que Susanne Kennedy e Markus Selg fundaram recentemente, a Ultraworld Productions, em parceria com os mais conceituados teatros e festivais de artes performativas da Europa, entre os quais o Festival d’Avignon (França), o Kunstenfestivaldesarts (Bruxelas), o Holland Festival (Países Baixos), o Prague Crossroads Festival (República Checa) e o Romaeuropa Festival (Itália). O Teatro Nacional São João, que continua a apostar no modelo de coprodução internacional, iniciado em 2022, é também um dos coprodutores do espetáculo.

A peça sobe ao palco do teatro portuense na sexta-feira, às 21 horas. No dia seguinte, a sessão está marcada para as 19 horas. O preço dos bilhetes varia entre os 7,5€ e os 16€ e pode comprá-los online. 

O espetáculo será ainda apresentado em língua inglesa, mas conta com legendagem em português. A estação de metro do Bolhão fica próxima do recinto.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA