fit

A feijoada vegan que se faz em 10 minutos e que ajuda a diminuir a queda de cabelo

A estrela desta receita é uma leguminosa comum e muito acessível. E tem outra mais-valia: só precisará usar uma panela.
Uma receita para surpreender a família.

Às vezes, os maiores tesouros são os mais acessíveis. E isso também acontece com os alimentos — até os mais baratos e comuns têm imensos benefícios para a saúde. É o caso do feijão, que por ter uma riqueza nutricional acima da média é considerado um superalimento.

Entre os vários benefícios destaca-se o facto de ser rico em fibras e proteína vegetal. Isto significa que melhora a flora intestinal, combatendo a prisão de ventre e fortalecendo o intestino e aumenta a sensação de saciedade, ao mesmo tempo que ajuda a construir massa muscular. O feijão também desempenha um papel importante no fortalecimento das unhas e dos cabelos e impede a sua queda — um problema que assombra muitas mulheres durante os meses de outono e primavera.

Não faltam motivos para ir já para a cozinhar preparar pratos com esta leguminosa. Mas, se lhe falta inspiração, temos a solução. A personal trainer Ana Azevedo lançou o livro “Comer para treinar melhor”, com 70 receitas “fáceis, saudáveis e deliciosas”. Uma delas é uma alternativa à popular feijoada transmontana, com 338 calorias, 23,9 gramas de hidratos de carbono e 25 gramas de proteína. Neste prato o feijão é o protagonista, mas a carne foi trocada por tofu fumado. No entanto, a grande vantagem é que só precisa de 10 minutos para colocar o prato na mesa.

Do que precisa

— 1 colher de sopa de azeite
— 1 cebola pequena
— 1 couve coração pequena
— 200 gramas de tofu fumado
— 300 gramas de feijão-preto cozido
— pimentão-doce fumado q.b.

Como se faz

Pique a cebola, lamine a couve coração e corte o tofu em cubos. Adicione todos os ingredientes a uma panela, deixe a cozer em lume baixo com a tampa durante 10 minutos e está pronto.

Para começar (ou continuar) a sua jornada do mundo vegan, a NiT reuniu sete receitas de refeições principais. Carregue na galeria e inspire-se.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA