fit

A quesadilla proteica que o leva para o México em 10 minutos (sem sair de casa)

Quando a paciência e a imaginação não nos deixam passar horas na cozinha, esta pode ser uma excelente alternativa.
É provável que queira repetir todas as semanas.

A comida é uma das melhores formas de descobrir um país, sem precisar de sair de casa. Se sempre sonhou conhecer as idílicas praias, do México, os seus costumes e a gastronomia, — mas ainda não teve oportunidade de o fazer, pode sempre começar por experimentar sabores tipicamente mexicanos. E pode fazê-lo na sua cozinha, com uma simples de quesadilla.

Já eram consideradas uma iguaria pelos astecas — uma das principais civilizações pré-colombianas do país sul-americano — embora fossem um pouco diferentes das atuais versões. O interior era recheado com abóbora e eram servidas como uma sobremesa. Mais tarde, depois da chegada dos espanhóis a carne (de vaca ou ovelha) passou a ser o ingrediente principal. Juntaram-lhe queijo e assim nasceu a versão que conhecemos atualmente.

A receita original já foi reinventada inúmeras vezes e, atualmente, existem muitas versões saudáveis desta proposta. Sandra Nereu, autora do blogue e “Panelinha de Sabores” partilhou uma variante que se faz com poucos ingredientes e com outra mais-valia: é rica em proteína.

As quesadillas são também uma boa opção para aqueles dias em que só queremos desenrascar algo rápido e nutritivo, sem sujar muita loiça.

Do que precisa

— 2 wraps proteicos (ou de trigo)
— 120 gramas atum em posta em água
— 40 gramas de iogurte natural
— 1/2 colher de chá de alho em pó
— 1/2 colher de chá de salsa seca
— 1 tomate
— 40 gramas de queijo ralado

Como se faz

Escorra o atum e misture-o com o iogurte, o alho e a salsa. Espalhe por cima de um dos wraps. A seguir, coloque o tomate cortado em meias luas finas por cima e polvilhe com o queijo ralado. Cubra com o segundo wrap. Com um pouco de água cole os dois wraps, formando uma espécie de tarde fechada. Coloque na airfryer 6 a 8 minutos, 210 graus (ou forno 15minutos a 200 graus).

Anda sempre à procura de receitas típicas, mas com um twist? Carregue na galeria e descubra versões saudáveis de outras especialidades portuguesas — e não só.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA