fit

Squad: não é um ginásio, é uma fitness boutique com treinos personalizados

O novo espaço do Porto abriu em outubro e tem aulas de crosstraining e hyrox.
Fotografias de Squad.

Não, os ginásios não são todos iguais. As diferenças podem ir muito além de terem ou não terem máquinas, estarem focados na musculação ou mais no bem-estar. Entre os distintos conceitos de ginásio há um novo que chegou ao Porto: a fitness boutique.

O Squad é o novo espaço de fitness da cidade, abriu a 10 de outubro e traz um conceito diferente do habitual. Aqui vai poder conhecer o que é uma fitness boutique e a inauguração oficial está marcada para este domingo, 30 de outubro. Mas, afinal, o que distingue este de um ginásio convencional?

“Há uma grande diferença, trabalhamos num nicho de mercado. Não temos confusão, as pessoas têm um acompanhamento completamente diferente”, começa por explicar à New in Porto o responsável pelo projeto, Sidon Dias, acrescentando: “Em vez de sermos um ginásio de massas, que tem muitos sócios, somos um ginásio mais específico, uma boutique mais específica, onde tentamos ao máximo que o serviço de qualidade seja passado, o que, no meu ponto de vista, é muito benéfico para as pessoas que nos procuram porque, além da segurança que criamos, estamos obrigatoriamente a ajudá-las a chegarem aos resultados pretendidos”.

Sidon, de 38 anos, pratica desporto desde os cinco anos e esteve ligado ao futebol durante 30. É formado em Educação Física e Desporto e foi completando essa formação com outras mais ligadas à área do fitness ou até a outras complementares. “Desde cedo que a minha vontade de entrar nesta área era uma convicção que tinha”, diz. Ligado ao mundo do fitness há cerca de 14 anos, trabalhou em várias cadeias de ginásios e chegou a ser diretor de um clube.

“Tudo o que é treino funcional é algo que sempre me cativou, colocar as pessoas a serem umas máquinas e não as máquinas a trabalharem por elas. Gosto muito que aquilo que as pessoas fazem dentro do ginásio consigam passar para o seu dia a dia também e que seja benéfico nesse ponto.”

Foi assim que decidiu que estava na hora de apostar num projeto próprio onde pudesse definir as linhas daquilo que queria fazer. “Neste momento quis apostar em algo pessoal meu, num conceito muito giro, num espaço que está também muito giro”, aponta.

A vontade de criar algo que diz não haver parecido no Porto levou-o ao conceito do Squad. Aqui vai encontrar aulas com um máximo de oito a dez pessoas, o que permite um acompanhamento mais próximo dos coachs. As modalidades escolhidas são o crosstraining e o hyrox, uma modalidade nova que está a surgir e da qual são parceiros oficiais por cá.

Além das aulas de grupo, no Squad há a hipótese de ter treino personalizado. Neste caso, tanto pode ser feito para os desportistas comuns como para atletas, num treino mais focado na performance. A acompanhar tudo isto há também um nutricionista e parcerias com empresas ligadas a áreas como a osteopatia.

“O treino personalizado é algo que está enraizado em mim, que venho sempre a trabalhar desde o início da minha carreira. Foi algo que quis trazer porque os meus alunos transitaram comigo e é algo que gosto muito de fazer, estar cara a cara e ajudar a que as pessoas cheguem aos resultados.”

Quanto ao espaço, tem 300 metros quadrados de área divididos por dois pisos, numa decoração urbana baseada em tons escuros. “Toda a gente diz que o espaço está incrível, que o ambiente está a tornar-se num ambiente familiar”, comenta ainda Sidon. Os preços começam nos 70€ por mês para três aulas por semana ou 85€ para um regime mais livre. As aulas com PT ou de performance são feitas à medida.

Carregue na galeria para conhecer um pouco mais sobre o Squad.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua da Boavista, 410
    4050-020 Porto
  • HORÁRIO
  • Segunda a sexta-feira das 7h às 21h
  • Sábado das 9h às 13h

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA