na cidade

No novo escape room do Porto tem de “roubar” dinheiro para o maior traficante do mundo

A Cubus Scape Room abriu em 2017 e, ao longo dos anos, tem investido em novas salas para atrair e fidelizar clientes.
Tem de cumprir o desafio em 60 minutos.

Em 2015, Filipa e Vítor Barros apaixonaram-se pelo conceito das escape rooms. Como a dinâmica era muito pouco conhecida no Porto, o casal decidiu abrir o seu próprio espaço. “Conhecemos o conceito, em 2015, como jogadores e ficámos fascinados. É uma experiência fantástica, o que faz com que as pessoas que experimentam queiram jogar em mais escape rooms. E é isso mesmo que queremos transmitir a quem vem experimentar a sala pela primeira vez”, começam por contar à New in Porto.

Em março de 2017, a Cubus Scape Room chegou à Rua do Carmo com duas salas de fuga: o Escobar Part I e o Orfanato. A crescente procura pelas salas de fuga levou o casal a abrir uma terceira sala, o Prison Break, com um nível de dificuldade avançado e que, até agora, tem sido um dos mais famosos entre os participantes. Em 2020, a pandemia obrigou-os, como a tantos espaços, a fechar portas e a procurar estratégias para reinventar-se. 

“Em 2020 vimo-nos obrigados a fechar devido à pandemia e a reinventarmo-nos para conseguir cativar novamente os nossos clientes, que já não queriam ficar fechados em casa. Para tal, lançámos um jogo exterior, o Cubus Peddy Paper, realizado pelas ruas da cidade”, explica o casal, acrescentando: “Atualmente, os escape rooms estão na moda entre os jovens, o que faz com que esta dinâmica seja cada vez mais divulgada”.

Numa altura em que estes programas de entretenimento são muito procurados para atividades de team building, o casal, juntamente com a sua equipa de game master, sentiu a necessidade de expandir o negócio. “Em 2017 abrimos na Rua do Carmo um espaço com três salas de fuga. Ao longo dos anos, sentimos a necessidade de expandir o negócio, no entanto, as nossas instalações não o permitiam. Em 2023 transportámos as nossas salas de fuga para a nova loja na Rua do Almada, com capacidade para criação de novas salas de fuga. Neste novo espaço dispomos de uma sala de aniversários para complementar e dar resposta a esse tipo de pedidos muito procurados atualmente”, explicam.

A inauguração do novo espaço, em setembro de 2023, inspirou o lançamento de uma nova sala, para proporcionar a melhor experiência aos participantes. Escobar Part II estreou-se oficialmente no dia 1 de fevereiro e já está a fazer sucesso.

“A Sala Escobar Part I é muito dinâmica e de nível intermédio. Tem vários tipos de enigmas, seja de olfato, de tato, de visão e audição. Quando decidimos abrir o Escobar Part II, queríamos que os clientes que gostaram da Part I regressassem, desta vez, com um nível de dificuldade superior”, confessam.

Nesta nova sala de fuga, o grupo terá de resgatar uma quantia avultada de dinheiro, que se encontra no novo esconderijo no Porto, pertencente ao maior e mais conhecido traficante de droga do mundo. Em apenas 60 minutos, os participantes são desafiados a arrecadar todo o dinheiro presente nesse espaço. 

Ainda assim, 2024 trará mais novidades, com a introdução de uma nova sala sobre Alice em maio. As vagas já se encontram abertas para esta ou outras salas da escape room. O preço ronda os 50€ para duas pessoas, sendo que cada sala tem capacidade para sete pessoas. Para quatro participantes, o preço é de 70€. Para o limite máximo de visitantes, o valor é de 105€ por grupo, por 60 minutos.

Se quiser entrar no jogo, pode efetuar as reservas das salas online. Caso pretenda um horário em específico, pode fazê-lo pelo contacto 935 846 559. A estação de metro dos Aliados e da Trindade ficam próximas da sala de fuga.

Se gosta de desafios, carregue na galeria para conhecer quatro tours gratuitas que pode fazer no Porto.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua do Almada, 524
    4050-034 Porto

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA