na cidade

A Igreja de Santa Clara vai reabrir ao público este mês

Depois de cinco anos em obras, um dos monumentos mais icónicos da cidade, volta a receber visitas.
Fotografia de Porto.

É oficial: depois de cinco anos em obras, a Igreja de Santa Clara, no Porto, vai reabrir as portas ao público. A partir das 14 horas do dia 22 de outubro, sexta-feira, todos poderão voltar a visitar este importante espaço da cidade. Classificada como Monumento Nacional desde 1910, a Igreja de Santa Clara esteve em obras de conservação e restauro desde 2016. O processo, a cargo da Direção Regional de Cultura do Norte, teve um investimento total de mais de 2,5 milhões de euros.

Sendo um dos maiores exemplares da talha dourada a nível nacional, este monumento barroco necessitava de algumas obras tanto para preservar o património como para melhorar as condições de visitas. Para isso, a estrutura do edifício foi reabilitada, sendo feitas remodelações nas infraestruturas elétricas, de telecomunicações e de segurança e ainda reduzidas as barreiras arquitetónicas. Tudo isto sem esquecer, naturalmente, a parte mais artística da igreja, como a talha dourada, as esculturas, as pinturas ou os azulejos.

Ao longo da intervenção foi possível ainda descobrir detalhes do edifício até agora desconhecidos. São exemplo disso algumas pinturas em madeiras datadas do século XVII, uma lápide de granito de 1645 que informa da obrigatoriedade de ser rezada missa diária pela alma do abade de Vandoma, ali sepultado, ou até pinturas de anjos alados escondidas sob a talha que seriam mais antigas.

“A intervenção foi acompanhada por uma ampla investigação histórica que incluiu o todo do agora extinto e fragmentado Convento de Santa Clara do Porto, do qual sobreviveu a igreja (hoje igreja paroquial), o claustro (hoje integrado na sede do Comando Metropolitano da PSP) e a cerca (incluindo o troço mais bem conservado da muralha medieval do Porto, classificado como Monumento Nacional)”, explica em comunicado a Direção Regional de Cultura do Norte.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA