na cidade

Massagens, cocktails e fine dining: tudo o que pode fazer no Dia dos Namorados

Sozinho, em casal ou com amigos: na cidade não faltam propostas para celebrar o amor nas suas mais variadas formas.
Há muitas atividades românticas para fazer.

Fevereiro é o mês mais romântico do ano. Até a comida tem forma de coração e não faltam rosas vermelhas e ursos a decorar as montras de lojas e restaurantes por toda a cidade. Sabemos que, ano após ano, é difícil manter-se criativo e encontrar formas diferentes de assinalar a data. Se está com este dilema, temos boas notícias. 

Esteja acompanhado ou solteiro, o Porto tem várias atividades que pode fazer, não só neste dia, mas ao longo da semana. E até os corações menos sensíveis vão render-se ao espírito. Pensando especialmente neles, o Renaissance Porto Lapa Hotel preparou um jantar muito especial. O “Self Love Club” quer fugir dos clichés do Dia dos Namorados e homenagear todas as formas de amor: o amor próprio, o amor pela vida, pela família ou entre amigos.

O menu estará a cargo do chef Duarte Batista, com propostas que vão desde um tártaro de robalo para começar, linguado com texturas e novilho com beterraba e maracujá. Para adoçar a noite, Ricardo Tiago é o responsável, com uma sobremesa que mistura groselha, laranja, jasmin, baunilha e fava tonka. Haverá ainda música ao vivo com uma atuação de Juu Flores. O jantar custa 80€.

Por outro lado, se quiser aproveitar a ocasião para relaxar, o Grand Bleu Spa, no coração do Porto, lançou dois programas. O Paixão de São Valentim tem um custo de 320€ para duas pessoas e uma duração de 45 minutos. O Euforia de São Valentim por 500€ é para duas pessoas e tem a duração de 1h30. Os casais serão recebidos com um chá de hibisco e têm direito a uma hora n’Acqua Area, que inclui piscina, banho turco, sauna e zona de relaxamento.

Ambas as propostas incluem ainda uma massagem relaxante de 45 minutos, champanhe e muito chocolate. O programa Euforia contempla ainda um tratamento facial para o casal. Os serviços incluem também a oferta da Pulseira dos Sete Nós, uma tradição da Ásia Oriental, onde se acredita que cada pessoa está ligada à sua alma gémea por uma corda vermelha, com sete nós tecidos pelo destino, sendo a pulseira (e o amor) à prova de tudo.

Estas são apenas algumas sugestões para celebrar o Dia dos Namorados. Carregue na galeria para conhecer outras propostas, que pode fazer no Porto.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA