na cidade

Mercado do Bolhão distinguido pela “excelência” da sua requalificação

O espaço portuense ficou à frente de requalificações de cidades como Paris, Bruxelas, Milão e a Região flamenga na Bélgica.
Não é a primeira distinção do mercado.

Não é a primeira vez que o trabalho de restauração e modernização do Mercado do Bolhão é internacionalmente distinguido. Desta vez, foi reconhecida a “excelência” em todo o processo de intervenção, que devolveu a vida àquele espaço portuense.

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, o vereador do Urbanismo e Espaço Público, Pedro Baganha, a vice-presidente da GO Porto, Cátia Meirinhos, o arquiteto responsável pelo projeto, Nuno Valentim e o assessor do gabinete do mercado, Francisco Rocha Antunes, receberam na semana passada, o prémio da Urban Land Institute (ULI), em Copenhaga.

O foco dos UIL Europe Awards for Excellence é reconhecer projetos, construídos pelo setor público de uma cidade, ou mesmo do setor privado ou sem fins lucrativos e que se comprovem como sendo excelentes exemplos ambientais. Como explicam em comunicado, os prémios “celebram a excelência nas práticas de utilização do solo em todo o processo de desenvolvimento, com critérios que incluem planeamento, construção, economia, gestão, sustentabilidade e resiliência, impacto na comunidade, e arquitetura e design”.

Sucesso financeiro, relevância para as necessidades contemporâneas e futuras, sustentabilidade ambiental, fornecimento de modelos ou estratégias a replicar foram alguns dos fatores a ter em conta na escolha do veredicto final. A requalificação da histórica Liberty Tower, em Milão, a antiga Préfecture de Paris, o Morland Mixité Capitale do MULTI, que transformou a antiga sede da Philips no primeiro edifício de escritórios neutro em carbono em Bruzelas, as “Scholen van Morgen”, uma construção de 182 infraestruturas escolares na zona flamenga e o parisiense Stream Building, que apresenta um sistema de construção modular e adaptável eram os outros finalistas, tendo sido o Mercado do Bolhão o projeto que conquistou o júri.

Vencendo o prémio a nível regional, o mercado de frescos portuense entra automaticamente na avaliação dos ULI Global Awards for Excellence. Recorde-se que a requalificação do ex-libris da cidade já foi protagonista de distinções como o Prémio Nacional Reabilitação Urbana, com distinção nas áreas de melhor intervenção de uso comercial e de serviços, melhor reabilitação estrutural e melhor intervenção na cidade do Porto. Ganhou ainda o SIL Imobiliário (Melhor Reabilitação Urbana/Comércio, Serviços e Escritórios) e o prémio Construir para o Melhor Projeto de Reabilitação e Melhor Espaço de Comércios e Serviços.

De seguida, carregue na galeria para ver imagens do Mercado do Bolhão renovado.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA