na cidade

Moda, arte e mercados: tudo o que pode fazer à borla este fim de semana no Porto

Aproveite enquanto o sol ainda está pela cidade para passear, conhecer artistas locais e espreitar novas coleções.
Há muito para fazer.

Vem aí um fim de semana com temperaturas mais amenas do que nos dias anteriores, mas não é por isso que não vai poder aproveitar a alargada agenda cultural do Porto nos próximos dois dias. O grande destaque deste fim de semana vai para as Inaugurações Simultâneas de Miguel Bombarda, que vão encher o Quarteirão das Artes Portuenses com música, dança e muita arte. 

Antes disso, esta sexta-feira, 10 de maio, não pode perder a oportunidade de passear por outros spots da cidade que também promovem os artistas locais. A Cooperativa Árvore apresentou esta semana a exposição “A Arte do Conflito”, uma montra que reúne o trabalho colaborativo de 21 artistas, entre eles Rute Rosa, Acácio de Carvalho, Joana Rêgo, Emerenciano, entre outros. A exposição decorre no Tribunal da Relação do Porto e poderá ser visitada até dezembro. 

No sábado, 11 de maio, aproveite o dia solarengo para visitar o Gallery Hostel Porto que recebe, inserido nas Inaugurações Simultâneas de Miguel Bombarda, a exposição do artista portuense Daniel Lamas Oliveira. Natural do Porto, com raízes transmontanas, foi na sua cidade natal que o artista encontrou inspiração para fazer a sua arte, sobretudo na casa da sua avó Camila, na pitoresca aldeia de Santa Comba da Vilariça, onde os botões eram abundantes e despertaram a sua atenção e criatividade.

“Explosão de botões” desafia os limites da tridimensinalidade artística e poderá ser visitada no hostel portuense, enquanto aprecia a cultura portuguesa acompanhado de um cocktail. 

Outro dos destaques para este sábado é o desfile de apresentação das novas coleções de primavera/verão do ModaFeira. Apenas a 20 minutos do Porto, a Praça Gaspar Moreira vai receber algumas das melhores propostas de marcas locais, juntando cerca de 100 manequins e duas passarelas simultâneas. O desfile será ao ar livre, com entrada gratuita, a partir das 21h30.

Estas são apenas algumas das propostas para este fim de semana. Espreite na lista abaixo outros programas de entrada gratuita para fazer no Porto.

Sexta-feira 

10 às 19 horas — A Praça da Batalha recebe a sua tradicional feira de velharias e outras propostas artesanais.  

11h30 — A Piscina Municipal Eng. Armando Pimentel promove um conjunto de atividades físicas para maiores de 60 anos.

21 horas — Inauguração das iluminações decorativas e concerto de Zé Barbosa e Duo Contakto Local para inaugurar as festas do Senhor de Matosinhos.

Sábado

7 às 13 horas — Poderá visitar a Feira da Senhora da Hora com propostas, que vão desde os queijos artesanais até ao calçado.

8 às 13 horas — Espreite a variedade de produtos vintage e em segunda mão, na Feira da Vandoma. As propostas passam por utensílios domésticos, vestuário e ferramentas.

8 horas às 13h30 — Apoie a produção e consumo sustentável da Feira de Produtos Bio, no Parque da Cidade.

8 às 18 horas — Espreite a alargada coleção de curiosidades na Feira de Antiguidades e Velharias, na Praça Velásquez.

10 às 14 horas — Workshop e showcooking com frutos secos com a chef Catarina Queirós na Oficina Zen. É necessário inscrição prévia através do email ana.santos@nullcncfs.pt. 

13 às 20 horas — “Mercado Feito Por Elas” com propostas de moda e acessórios no Quarteirão das Artes do Porto.

14 às 19 horas — Mercado de Arte Abelha com concerto dos Cigarra Bizarra no Centro Comercial de Cedofeita.

15 horas — Inauguração da exposição “Faster than my bullet” de Lacortei na Socorro Record Store.

15 às 20 horas — Inauguração da exposição “All the light to write” de Guel Do It na Montana Shop Porto.

Domingo 

7 às 13 horas — A pitoresca Alameda das Fontaínhas recebe a Feira dos Passarinhos para comercialização da espécie como animal de companhia e os acessórios essenciais para o seu cuidado, manutenção e criação.

10 às 19 horas — Mercado da Alegria, nos Jardins do Passeio Alegre, com propostas locais de vestuário, decoração e gastronomia regional. 

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA