na cidade

Museu do Carro Elétrico abre programa familiar já este sábado

A iniciativa “Famílias Elétricas” decorerrá em formato mensal aos sábados e inclui visita ao espaço e um passeio a bordo do elétrico.
Vai poder andar de elétrico.

O primeiro mês do ano chega com novidades para todos os portuenses e, desta vez, temos o programa ideal de fim de semana para uma tarde passada em família. O Museu do Carro Elétrico está a promover este sábado, 20 de janeiro, o programa “Famílias Elétricas”. Trata-se de uma iniciativa mensal, que promete transportar as famílias até diversos destinos de ilusão.

A oficina terá uma duração de pouco mais de uma hora, começando pelas 15 horas. Contará com uma visita guiada ao espaço museológico, seguida de uma oficina criativa e encerra com uma viagem a bordo do histórico elétrico, ao longo da margem do Rio Douro.

Nesta dinâmica, as famílias serão desafiadas a pensar nos desejos para o ano que agora começou e convidadas a escreverem em papel, os destinos desses votos para 2024. Os textos serão guardados numa bolsa, com a representação de um carro elétrico decorado também pelos participantes e que, posteriormente, poderá ser plantada em qualquer espaço verde da cidade para daí brotarem os sonhos almejados.

O preço para duas pessoas, isto é, o miúdo acompanhado por um adulto é de 15€, acrescentando 10€ por participantes adicionais. A experiência é limitada a 28 participantes e a reserva é obrigatória.

As pré-inscrições podem ser feitas online até sexta-feira, às 15 horas, pelo email servicoeducativo.mce@nullstcp.pt ou através do contacto telefónico 226 158 185. A atividade é recomendada a partir dos cinco anos. O Museu do Carro Eléctrico foi fundado em 1992, com o objetivo de preservar e divulgar uma vasta coleção de carros elétricos, atrelados e veículos de mercadorias de inegável valor patrimonial. 

A exposição permanente, composta por mais de duas dezenas de veículos, incluindo elétricos, atrelados, carros de tração animal, carros de apoio e outros artefactos, foi ampliada com a abertura da antiga casa das máquinas da central termoelétrica, onde o vapor das caldeiras era transformado em eletricidade. Localiza-se no edifício da antiga Central Termoelétrica de Massarelos (1915), pertença da STCP (Sociedade de Transportes Colectivos do Porto). A estação de metro mais próxima é a de São Bento ou Casa da Música.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA