na cidade

O destino a 1h30 do Porto para quem gosta de relaxar na natureza (e com vinho)

A Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo tem uma oferta alargada que vai desde provas de vinhos, um museu e passeio pelas vinhas.
A vista é maravilhosa.

Falar do Douro parece fácil, mas não é. Afinal, não se trata apenas de uma região que ficou conhecida pela produção de vinho do Porto e, anos depois de vinhos tranquilos, mas também das suas gentes, costumes, tradições e homens e mulheres que, desde há séculos, construíram um cenário inesquecível, uma forma de vida num imenso território de solo duro e pouco arável. 

Neste mosaico natural, repleto de vinhas e rodeado pelo Douro, nasceu uma quinta que se destacou desde 1756, quando esta região vinícola foi a primeira no mundo a ser demarcada e regulamentada. Falamos da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, que conta com uma história bicentenária. Entre 120 hectares de terra, está harmoniosamente integrada numa das colinas da propriedade a adega original de 1764, junto da casa senhorial oitocentista com a sua capela. 

Tendo sido propriedade da Casa Real Portuguesa até 1725, tornou-se uma “quinta nova” pela junção de duas quintas numa só. Já o seu nome provém da pequena capela que, no século XVII, foi construída na margem do rio Douro, nas terras da Quinta Nova, para proteger os homens que se aventuravam nos barcos rabelos num trecho particularmente traiçoeiro do rio. Conta a lenda que, durante as viagens, quando a travessia não corria como esperado ou a morte parecia bem próxima, os barqueiros faziam promessas à santa padroeira (Nossa Senhora do Carmo) em troca de salvação. 

Desde 1999, toda a história deste lugar é vivida pela família Amorim, referência no mundo dos vinhos e com uma ligação que remota a 1870, através do seu primeiro negócio de produção de rolhas de cortiça para as Caves de Vinho do Porto, em Vila Nova de Gaia. Atualmente, na sua quarta geração, é gerida por Luísa Amorim, que impulsionou o negócio de vinho da família. 

Se for apreciador de vinhos, provavelmente já terá ouvido falar ou até provado grandes referências da casa como o Aeternus, o Quinta Nova, o Grainha ou o famoso Mirabilis. O que se calhar não sabe é que foi na Quinta Nova, que decorreu o primeiro estudo para a plantação monovarietal na região do Douro, entre 1979 e 1981. Foi realizado em conjunto com o Ministério da Agricultura Português, através do Centro de Estudos Vitivinícolas do Douro, primeiro com a Touriga Nacional, depois com a Tinta Roriz e, por último, com a Touriga Franca. 

E como o pioneirismo é a palavra de ordem nesta casa, a Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo foi a primeira quinta de vinho do Douro a abrir o seu enoturismo. É na Winery House Relais & Chateaux, que poderá sentir o ambiente de uma grande casa de família portuguesa, com uma paisagem que não deixa de surpreender.

Aqui, vai conseguir viver o ambiente de luxo, que se vivia nas casas senhoriais antigas. O conforto sofisticado e acolhedor dos espaços comuns foram pensados para que se sinta o protagonista do seu próprio livro de comédia romântica, enquanto relaxa, aproveita a visita e aprecia com calma as propostas gastronómicas do restaurante Terraçu’s acompanhado por grandes vinhos.

A Winery House é composta por apenas 11 quartos, todos com vista sobre os socalcos de vinha centenária e o Douro. Dos espaços comuns destacam-se algumas salas interiores, como a Sala de Inverno e pequenas salas intimistas, onde poderá ler um livro próprio ou algum da biblioteca comum do espaço ou jogar com os miúdos ou entre amigos os jogos de mesa, que se encontram disponíveis para os hóspedes. 

Existem seis quartos premium, localizados na casa senhorial. Estão mobilados com diferentes estilos de móveis da região e do País, tentando representar a vivência numa Quinta Duriense. As estadias começam nos 265€ por noite. 

Os restantes cinco quartos estão divididos entre o “Alojamento Superior Terrace” e o “Alojamento Terrace”. Os primeiros misturam uma decoração clássica e elegante com uma zona de estar comum e estão disponíveis a partir de 230€ por noite. Já os segundos misturam a elegância com o conforto e dispõem de um terraço comum com sofás para relaxar e apreciar as vistas. As reservas custam 210€ por noite e pode fazê-las online

A unidade hoteleira de luxo dispõe de três ofertas ao longo de todo o ano, que incluem diferentes experiências com um noite de alojamento. Uma delas é “O melhor da vida num Wine Boat”, a partir de 330€. No primeiro dia está incluída uma visita guiada ao museu da quinta, assim como uma visita à vinha, adega, garrafeira história e sala de barricas. Inclui ainda um aperitivo no final do dia com um copo de vinho e jantar no restaurante com menu degustação de quatro momentos. Já no segundo dia terá oportunidade de fazer uma caminhada livre pelo percurso PR1 da quinta e de seguida, um passeio de uma hora no Wine Boat. 

A segunda proposta (desde 585€) é a “Live slow, enjoy life and fabulous wine”. Além de uma noite de alojamento, a experiência inclui um aperitivo à chegada no primeiro dia com um copo de vinho e jantar no restaurante, com menu de degustação de quatro momentos, harmonizado com cinco vinhos da seleção do enólogo. Já no segundo dia poderá fazer uma caminhada pelo percurso da quinta, assim como visitar o museu, a vinha, adega, garrafeira e sala de barricas, seguida da experiência “Enólogo por Um Dia” e finaliza com a prova “Douro Icon” harmonizada com tábua de queijos e enchidos regionais. 

A última proposta é o “Pre-weekend a dois na Quinta Nova”, a partir de 295€. Inclui um aperitivo no final do dia com um copo de vinho, jantar de degustação de quatro momentos, uma noite de alojamento com tratamento VIP romântico. No segundo dia, poderá fazer o percurso da quinta e visitar o museu, a adega, vinha, garrafeira e sala de barricas. 

A Quinta Nova dispõe ainda de uma alargada oferta de atividades como caminhada na quinta, flyboard no rio Douro, jantares e almoços temáticos, passeios de barco, visitas guiadas e provas de vinho com ou sem enólogo. Contudo, a experiência que se destaca é “Enólogo por Um Dia”, onde os visitantes vão ter oportunidade de fazer o seu próprio vinho, engarrafá-lo, criar o rótulo e levá-lo para casa. A reserva pode ser efetuada no local, com preço sob consulta. 

E como tudo nesta quinta é feito e pensado para proporcionar o máximo de conforto e tranquilidade, esta premissa estende-se até à oferta gastronómica do restaurante Terraçu’s, sob o comando do chef André Carvalho. O objetivo é trazer de volta memórias que certos sabores e texturas podem ter no nosso interior. Alguns dos pratos são inspirados nos seus favoritos quando miúdos, com um requinte e técnica apurada e onde a calma à mesa é a palavra de ordem, não é ao acaso que o espaço tem certificação “slow food”, isto é uma maior apreciação da refeição, que é elevada a um patamar de qualidade onde o produto, o produtor e o meio ambiente são respeitados.

O espaço dispõe de menu à carta, mas a recomendação é experimentar alguns dos menus de degustação do chef. Ao almoço, está disponível um menu degustação com três momentos. O preço é de 58€ por pessoa e, com quatro momentos, é de 74€ por pessoa. Ao jantar encontra-se apenas disponível o menu de quatro momentos ou à carta. Se quiser harmonização do enólogo, o preço varia entre 32€ a 48€ por pessoa, sendo que pode experimentar entre quatro a seis vinhos. 

Tem ainda disponível um menu degustação de sete momentos, chamado “Origens” e inspirado no percurso do chef. Tem um custo de 90€ por pessoa e acrescem 50€, se quiser harmonização de vinhos. Já na carta, algumas das propostas, inspiradas em produtos da região, são cogumelos selvagens e ovo a baixa temperatura (22€), javali com caviar da terra (25€), lúcio do Douro com cevadinha (36€), cordeiro de leite com batata assada e salada da horta (38€), polvo com tinta de choco e batata confitado (40€) ou vitela de pasto transmontado com cogumelos e milho caramelizado (42€). Entre as sobremesas destacam-se suspiro com café (16€), toucinho do céu (16€) e o chocolate e cacau (18€).

Se ficou curioso, carregue na galeria para conhecer melhor as propostas da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo e da sua Winery House Relais & Chateaux.

 

 

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA