na cidade

Porto foi eleito o principal destino de viagem dos portugueses em 2024

A recente pequisa da Preply demonstra que a cidade se destaca pela gastronomia, acessibilidades e atrações turísticas.
O Palácio de Cristal é um dos spots a não perder.

Afinal, quais são os seus maiores planos de viagem para 2024? Foi esta a pergunta levantada no mais recente estudo da plataforma Preply. Centenas de portugueses, de várias zonas do País, revelaram à plataforma de idiomas que visitar o Porto é a meta deste ano. Ainda assim, a cidade divide o pódio com outros destinos mais desejados como Aveiro, Lisboa e Faro.

A escolha da cidade portuense não se define, maioritariamente, pela sua popularidade. Por exemplo, quatro dos dez entrevistados afirmaram que é o distrito com as melhores atrações, a melhor oferta gastronómica e uma alargada infraestrutura nacional.

Assim, a especialista no ensino de línguas pediu aos participantes portugueses para partilharem os locais do País que pretendem visitar, elegendo os melhores destinos em quatro categorias distintas. Quem participou na pesquisa, podia ainda partilhar os desafios mais comuns na suas viagens.

As principais conclusões revelaram que sete em cada dez portugueses pretendem viajar, em 2024, para conhecer novas culturas, dentro do País. Os destinos de sonho dos utilizadores são o Porto, com 37 por cento dos votos, Aveiro com 29 por cento e Lisboa, com 27,2 por cento. Além do Porto, os distritos de Faro, Braga e Lisboa foram reconhecidos por terem algumas das melhores atrações, grande oferta de acolhimento e gastronomia, assim como a fácil acessibilidade.

A plataforma desafiou os participantes a revelarem os seus destinos favoritos fora de Portugal. À primeira vista, não é por acaso que se confirma que, alguns dos países mais desejados pelos portugueses guardam muitas semelhanças com o Porto, seja pela tradição culinária, pela arquitetura e a herança histórica e cultural. Itália ocupa o primeiro lugar no pódio, com 44 por cento dos votos, seguida pela Grécia com 31,6 por cento e os Estados Unidos da América, com 31,4 por cento.

O estudo decorreu entre os dias 11 e 12 de janeiro e foram entrevistados 500 portugueses com acesso à Internet. Os participantes responderam a cerca de dez perguntas. A Preply é uma plataforma online de aprendizagem de idiomas, que liga professores a milhares de alunos em 180 países em todo o mundo. 

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA