na cidade

Serralves em Luz regressa com uma exposição noturna (ainda) mais interativa

Esta edição tem como tema "Sonhos e ilusões" e inclui diversas atividades e exposições — tudo durante a noite.
Visite esta exposição imersiva. Foto: RunLola para Serralves

Instalações de luz e som que dão vida aos recantos de Serralves e podem ser vistas durante a noite. O famoso parque portuense vai voltar a receber a exposição ao ar livre que foi destacada pelo jornal “The Times”, como uma das melhores da Europa.

O Serralves em Luz arranca esta quinta-feira, 4 de julho, e decorrerá até 3 de novembro. Durante os próximos quatro meses, os visitantes terão a oportunidade de percorrer cerca de três quilómetros iluminados que oferecem “uma experiência sensorial única”, criada pelo diretor artístico da iniciativa, Nuno Maya.

O tema desta terceira edição é “Sonhos e Ilusões” e conta com várias novidades. Uma delas é a possibilidade dos visitantes interagirem diretamente com as instalações de luz e som quando se moverem perto delas, salienta o responsável pela gestão do Parque de Serralves, Ricardo Bravo, citado pelo “Público”.

A exposição irá contar com dois momentos comemorativos: os 35 anos da Fundação Serralves e os 50 anos da revolução do 25 de Abril. Estas celebrações surgem da contínua “preocupação de ter alguma instalação educativa que ligue com a comunidade para que as pessoas se sintam, elas próprias, parte da instalação”.

Ao longo do percurso, os visitantes poderão apreciar várias instalações, como a de Kathy Hinde, Chirp & Drift, que combina luz e som de forma única. Nela irá observar um conjunto de elementos iluminados que, ao receberem mensagens em código morse, emitem vibrações que culminam em sons suaves e harmonias produzidas a partir de palhetas de acordeão. Num total de 25 instalações, a exposição explora a magia da luz através de interatividade, vídeo mapping, LEDs e efeitos visuais.

Este ano, o Serralves em Luz promete uma instalação luminosa que oferece uma observação noturna do parque de uma forma “completamente diferente” e que “supera as anteriores”, reforça Ricardo Bravo. 

A mostra ao ar livre pode ser visitada de terça a domingo. Os bilhetes custam 14€ para adultos, 12€ para estudantes, séniores, miúdos entre os quatro e os 11 anos e pessoas com mobilidade reduzida, e 11€ para famílias e amigos de Serralves. A entrada é gratuita até aos três anos.

Se preferir optar por marcar uma visita noturna orientada para ficar a conhecer todos os pormenores do evento, acresce 2,50€ ao preço do ingresso e pode adquiri-lo aqui

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA