na cidade

Serralves recebe mega festa gratuita de 50 horas (com muita música e circo)

Há também cinema, teatro, dança e atividades em família para celebrar a “chegada à maturidade” do evento portuense.
Está a chegar.

Um dos eventos mais aguardados do ano está de regresso. O Serralves em Festa acontece entre os dias 31 de maio e 2 de junho, sexta-feira a domingo, para celebrar a maioridade da iniciativa. A 18.ª edição apresenta um cartaz multidisciplinar, com música, cinema, dança, circo, teatro, performance, exposições e atividades para toda a família. A Fundação promete 50 horas de festa non-stop, com entrada gratuita.

“O Serralves em Festa apresenta uma intensa e multidisciplinar programação em sintonia com um notável património cultural e natural como o Museu, a Casa de Serralves, a Casa do Cinema Manoel de Oliveira e o Parque. Esta é a celebração de Serralves como um espaço inclusivo da arte contemporânea, incorporando ainda o pensamento e práticas ligadas à sensibilização ambiental”, refere a fundação portuense.

Prevê-se que as portas abram pelas 18 horas de 31 de maio, com destaque especial para a participação dos Tangerina Dream, precursores do cruzamento rock com a eletrónica, com atuação marcada no Prado, pelas 23 horas. “A mais recente formação da banda continua este legado, regressando ao som clássico dos sequenciadores com instrumentais plenos de uma singular energia hipnótica”, lê-se na sinopse.

Na programação musical destacam-se ainda as apresentações dos Glockenwise com Ana Deus como convidada especial. A banda África Negra vai trazer sonoridades de São Tomé e Príncipe e poderá ainda assistir aos concertos de Jessica Moss, Petron Sphene, Fimber Bravo, Lagoss, Aggressive Girls e outros artistas.

Na secção das artes performativas, um dos pontos altos é a mostra “Strong Born”, da coreógrafa Kat Válastur, bem como a instalação e performance “Terra Cobre”, de João Pais Filipe e Marco da Silva, entre outras. Já no Teatro será possível ver “O Estado do Mundo”, da autoria da Companhia Atómica, e viajar até “Las Vacaciones de Madame Roulotte”, do coletivo espanhol La Bleda.

No circo contemporâneo, pode contar com os espetáculos “Sol Bemols”, “Esencial”, “El Taller de Malabares L’Espectacle” e “A Journey”. Ao longo destes dias, os visitantes podem aproveitar para conhecer as coleções que, atualmente, compõem o espólio da Fundação, como “Yayoi Kusama: 1945 — Now”, “Anagramas improváveis: obras da coleção de Serralves”, “C.A.S.A. (Coleção Álvaro Siza Arquivo)”, “Joan Miró/Alexandre Calder: espaço em movimento”, “Pré/Pós-Declinações visuais do 25 de abril” e muitas outras. 

Na edição de 2023, o Serralves em Festa bateu o recorde de todas as edições ao receber quase 300 mil visitantes. Esta ano, a expectativa é superar o número. Até lá, pode consultar toda a programação online. 

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA