na cidade

Tudo o que pode fazer à borla no Porto este fim de semana

Há o Porto Pianofest, os habituais mercadinhos de rua e muito mais. É só escolher o seu dia favorito.
Este fim de semana há muita música na cidade.

O verão está a passar depressa e se há algo que os portuenses sabem é aproveitá-lo, por isso celebre com os locais este último fim de semana de julho. Ainda não sabe o que vai fazer? Não se preocupe que a New in Porto reuniu as melhores sugestões que pode fazer gratuitamente.

Um dos destaques é o arranque do Porto Pianofest, que está marcado para esta sexta-feira, 28 de julho, com uma maratona de concertos durante oito horas consecutivas no Mercado do Bolhão. O objetivo do evento é democratizar o acesso à música clássica e, por isso, os espetáculos são de entrada livre. 

Para este final de semana, a NiP preparou-lhe um programa tranquilo, principalmente de passeio e muita música, mas também com oportunidade para refrescar o seu armário. 

Sexta-feira

10 horas — Abertura do Mercado da Batalha, que decorrerá até sábado, dia 29 de julho, com artesanato, gastronomia, moda, brinquedos, fumeiro, bijuteria e cerâmica. 

11 horas — Última sessão do Urban Market, desta vez na Praça das Cardosas, com o concerto especial de Ricardo Januário Music, às 16 horas. 

21h30 — IV Ciclo de Música de São Francisco, onde vão ser apresentados vários géneros musicais, desde cappella a sacra portuguesa dos séculos XVII até XIX. 

Sábado

11 horas — Casa Comum apresenta uma maratona de piano, onde pianistas dos seis aos 32 anos vão tocar durante 12 horas consecutivas. 

14 horas — Última oportunidade para visitar a exposição “Queria Ser Escultor”, na Árvore — Cooperativa de Actividades Artísticas, de Álvaro Siza. 

15 horas — Inventário #18 leva-o numa viagem por uma simples casa, agora Museu Marta Ortigão Sampaio, onde o roteiro se desenvolve através de um mapa emocional. 

21h30 — Último da Cultura em Expansão até setembro, com “Um Jogo de Futebol”, por Space Ensamble. O concerto terá a duração de 70 minutos e baseia-se na ideia de apresentar música de uma banda sonora original e improvisada para jogos de futebol ao vivo. 

Domingo

16h30 — Concerto de órgão, com Tiago Ferreira incorporado no Ciclo Max Reger. Esta é uma oportunidade de ouvir ao vivo o poderoso órgão da Igreja de Nossa Senhora da Lapa.

21h30 — Encerramento das Noites no Pátio do Museu com um ciclo de performances da companhia TUP (Teatro Universitário do Porto) — Lembrar. O objetivo é celebrar os 75 anos de existência do TUP e relembrar o passado da sua história.

Se quiser aproveitar o fim de semana para fazer um roteiro de francesinhas, carregue na galeria para conhecer as nossas sugestões.

MAIS HISTÓRIAS DO PORTO

AGENDA